VITÓRIA DO GRANDE CAMPEÃO VERGNE NO FIM DE TEMPORADA

Jean-Eric Vergne segurou Lucas di Grassi para conseguir a vitória na segunda corrida em Nova Iorque neste domingo (15/7). Mas, a segunda e terceira posições dos pilotos da Audi Sport ABT Schaeffler foi bom o suficiente para que a equipe alemã superasse a Techeetah na disputa do Mundial de Construtores. Na verdade, a Audi teve uma ajudinha com a penalidade aplicada para Andre Lotterer logo no início da prova já que o piloto da Techeetah queimou a largada. Lotterer teve cumprir uma punição de 10 segundos nos boxes e, assim, comprometeu sua corrida.

O recém-coroado campeão de Fórmula E, Vergne, derrotou Di Grassi por apenas 0.508 segundos na linha de chegada após uma batalha acirrada entre os dois. Vergne conseguiu a sua quarta vitória na temporada justamente um dia após conquistar seu primeiro título de pilotos no campeonato totalmente elétrico.

Abt enfrentou Sebastien Buemi nos momentos finais da corrida de 43 voltas. O suíço chegou a ultrapasar Abt quando faltavam 18 voltas para o final. Mas, quatro voltas depois, Buemi errou e acabou perdendo a posição para Abt. Essa ultrapassagem contribui também na conquista do título de construtores por parte da Audi.

Lotterer caiu para 15º depois da punição. O piloto da Techeetah se recuperou e conseguiu terminar em nono, mas não adiantou. Sua equipe perdeu o título para Audi por meros dois pontos. Méritos também para Daniel Abt que conquistou o ponto da melhor volta para a equipe alemã.

O brasileiro Lucas di Grassi conquistiu o segundo lugar no campeonato de pilotos graças a outra corrida discreta de Sam Bird, que chegou apenas em 10º e caiu para terceiro na classificação geral.

Felix Rosenqvist, da Mahindra, chegou em quinto lugar na última corrida dos carros de primeira geração da Fórmula E. O sueco travou bons duelos contra Evans, Heidfeld e Nelsinho Piquet. No final, Nelsinho Piquet ultrapassou Heidfeld e garantiu a sétima colocação. Evans ficou na P6 e Heidfeld na P8.

A corrida presenciou cinco abandonos, em grande parte devido a um acidente de três carros na 7ª volta, desencadeado por Antonio Felix da Costa e Luca Filippi. Jerome d’Ambrosio acabou sendo atingido também.

Pouco antes disso tudo, Jose Maria Lopez parou em pista com os danos da suspensão, o que trouxe a única bandeira amarela da corrida. Da Costa acabou sendo penalizado pelo contato com Filippi.

Assim como os carros da Dragon, os carros Venturi também não conseguiram terminar. Tom Dillmann desistiu em função da falha da caixa de câmbio.  Já Maro Engel teve perda de potência em seu carro. Suzie Wolf e Massa que abram o olho para desenvolver melhor a equipe Venturi na quinta temporada.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

 

Deixe uma resposta