LUCAS DI GRASSI VENCE EM NOVA IORQUE, MAS VERGNE É O CAMPEÃO DA QUARTA TEMPORADA

Lucas Di Grassi venceu o Eprix de Nova Iorque, a primeira da rodada dupla. Como isso, a Audi fez a dobradinha na corrida de sábado. Mas, o grande campeão da quarta temporada é o Jean – Eric Vergne da equipe da Techeeetah. Esta é a primeira vez em que o campeão já é conhecido antecipadamente na Fórmula E.

O brasileiro segurou o companheiro de equipe, o Daniel ABT, após ter largado em 11º lugar e feito uma excelente prova de recuperação.

O alemão manteve boa vantagem sobre Buemi após tê-lo ultrapassado. Mas, Lucas fez uma incrível corrida ultrapassando todos os adversários e partiu para o ataque. O brasileiro fez um movimento ousado para cima alemão na 23ª volta. No decorrer da prova, Abt melhorou seu rendimento e atacou Lucas di Grassi. Mas, nitidamente, a equipe Audi ordenou que a disputa parasse. A cara de poucos amigos de Abt era visível após o término da corrida.

Faltando 11 voltas para o final, houve um grave acidente com Alex Lynn. O inglês perdeu o controle de sua DS Virgin DSV-03 e bateu fortemente nas barreiras. Lynn saiu do carro sem ferimentos, apesar de ter frustrado as esperanças de seu companheiro de equipe, Sam Bird, de tentar alcançar Vergne na pista para manter vivas suas esperanças pelo título.

Vergne, que largou no final do pelotão, terminou em quinto no final e garantiu seu primeiro título de pilotos da Fórmula E com uma corrida antes do término da temporada. O Campeonato de Construtores, no entanto, nada está decidido ainda. A Techeetah está apenas 5 pontos na frente da Audi após a dobradinha da equipe alemã.

Buemi completou o pódio em terceiro lugar para Renault e.Dams, seguido de Tom Dillmann, substituindo Edouardo Mortara neste final de semana na Venturi.

Nick Heidfeld, Andre Lotterer, Maro Engel, Bird e Nicolas Prost completaram o top-10.

Mitch Evans, da Panasonic Jaguar Racing, que largou na segunda posição, sofreu uma suspeita de falha no eixo de tração e não conseguiu sair da largada. Já seu companheiro, Nelsinho Piquet, disse em entrevista ao Felipe Mota da Fox Sports, que o problema do carro foi devido a uma falha no software. Uma pena! Nelsinho largou em sexto e chegou a avançar até o terceiro lugar. Acabou perdendo a posição para Lucas di Grassi na pista. Mas, na saída dos boxes, após a troca de carros, Nelsinho ultrapassou Dillmann e voltara em quarto lugar. Mas, o carro da Jaguar parou logo em seguida na pista. O brasileiro ainda reiniciou o carro e foi aos pits. Retornou para a pista, mas depois abandonou de vez faltando cerca de 12 voltas pro final.

O problema também atingiu em cheio a equipe Dragon. Logo na largada, Jerome d’Ambrosio e Jose Maria Lopez se tocaram na Curva 1, resultando em danos nas asas do nariz e na traseira dos carros. O argentino Lopez acabou abandonando mais tarde depois de completar apenas 30 voltas.

Confira o resultado final da corrida: Resultado da rodada 1 – Nova Iorque.

A cobertura da segunda rodada amanhã começa às 15h na Fox Sports.

Deixe uma resposta