Thiago Alves (FOX Sports Brasil)

Thiago Alves

O EPRIX NEWS teve o prazer de bater um papo com Thiago Alves, comentarista da FOX SPORTS BRASIL, a emissora de TV fechada que transmite a Fórmula E no nosso país. Confira abaixo a íntegra da entrevista.

EPRIX NEWS: Thiago, você poderia compartilhar com a gente como foi a sua trajetória rumo ao mundo de comentarista de automobilismo?

THIAGO ALVES: É uma história curiosa. Eu sempre fui fã de automobilismo desde os 3 anos de idade. Em 2007, estava acompanhando umas etapas da NASCAR no Bandsports e comecei a mandar e-mails para a equipe de transmissão. Não existia outro meio de comunicação na época. Era tudo por e-mail. Eles iam lendo as minhas mensagens e um dia pedi para ver uma corrida do estúdio. Consegui isso e acabei participando da transmissão, dando uns pitacos. Em 2008 , eu comecei a escrever para um site de automobilismo, o Tazio. Eu falava sobre as corridas da NASCAR no fim de semana. No ano seguinte, 2009, o Bandsports precisou de alguém para comentar a corrida e algumas pessoas indicaram o meu nome. Aí, no dia 8 de março, acabei fazendo minha primeira corrida como comentarista: a etapa de Atlanta. Fiz várias outras categorias durante o ano. Em 2010, a NASCAR não seguiu no Bandsports e fui para o Terra TV comentar a temporada da Fórmula Indy. Já em 2011, nós transmitimos apenas a etapa de São Paulo, mas comentei algumas corridas de Fórmula 1 para a Rádio Globo/CBN. Em junho de 2011, eu iniciei no Speed Channel. Com a mudança do Speed para o Fox Sports, segui como comentarista.

EPRIX NEWS: Sabemos que você atua mais na cobertura da NASCAR nos canais FOX SPORTS. Porém, você também já comentou corridas de Fórmula E. Além disso, você até já falou sobre a categoria de carros elétricos no programa O MELHOR DO FOX SPORTS. Então, vamos conversar um pouco sobre a Fórmula E. Qual a sua opinião sincera sobre a Fórmula E?

THIAGO ALVES: Acho um conceito muito interessante. Carros elétricos tendem a ser o futuro e achei a ideia ótima, apesar de ficar um pouco desconfiado no começo. Já cansamos de ver várias iniciativas nesse universo de corrida que não vingaram, como a A1 GP, Fórmula Masters, Superleague e outras. Mas com os nomes das empresas que foram apresentados durante o desenvolvimento do projeto, comecei a ficar curioso. Hoje vejo como uma categoria muito legal, com ótimas corridas até agora e com o nível altíssimo de pilotos. Acho que algumas coisas podem ser revistas, como o sistema de qualy, mas são ajustes que vão evoluindo ao longo das próximas temporadas.

EPRIX NEWS: O que você acha que pode vir a sensibilizar as autoridades brasileiras em tentar organizar um ePRIX em solo brasileiro?

THIAGO ALVES: Fazer automobilismo no Brasil é complicado, infelizmente. Acho que um título de algum brasileiro pode ajudar isso, como foi com outros esportes, vide o exemplo do UFC , volei e até mesmo da Fórmula 1.

EPRIX NEWS: Sabemos que a Fórmula E tem aberto portas paras as mulheres: Katherine Legg, Michela Cerruti e, agora, Simona de Silvestro participou num evento da FIA em Genebra pilotando o carro da categoria. O que você acharia de ver a Danica Patrick correndo de Fórmula E? Não podia faltar essa pergunta.

THIAGO ALVES: Imaginei que teria alguma pergunta sobre a Danica (Risos). Eu acharia muito legal a participação da Danica, apesar que ainda acho que ela pode se desenvolver ainda mais na NASCAR. Ela já passou pela equipe Andretti na época da Indy. Creio que até possa um dia ter essa possibilidade de retorno, mas acho muito legal a presença feminina no grid.

EPRIX NEWS: O que você acha do anúncio da FIA já avisando da entrada de novos fabricantes para a próxima temporada da Fórmula E? O que mais pode ser feito, na sua opinião, para dinamizar a categoria ainda mais?

THIAGO ALVES: Achei ótimo esse anuncio, pois confirma a seriedade que a FIA tem com a F-E. Mostra que o trabalho está no caminho certo e a tendência é de crescimento para os próximos anos. Como disse algumas perguntas acima, talvez trocasse o processo de tomada de tempo para formação do grid. Faria uma volta lançada de cada piloto. Mas, por enquanto, é a única coisa que modificaria. A troca de carros ainda irá continuar pelos alto custos da substituição da tecnologia ultimamente empregada.

EPRIX NEWS: Lucas di Grassi, Nelsinho Piquet e Bruno Senna – Qual dos três têm mesmo chance de ganhar o campeonato?

THIAGO ALVES: O Bruno teve problemas nas primeiras duas corridas e isso fez com que perdesse pontos importantes. O Nelsinho vem em uma crescente muito grande, com dois pódios e já se entendeu muito bem com o carro. Acho que ele pode incomodar muito os líderes do campeonato. O Lucas tem um domínio técnico impressionante e é o piloto que melhor sabe ler a corrida da F-E. É o meu favorito ao título. Confesso que sonho com uma disputa forte entre Lucas di Grassi e Nelsinho pelo campeonato.

EPRIX NEWS: Thiago, agradecemos muito sua disposição em nos atender com essa entrevista! Deixe um recado para os fãs brasileiros de Fórmula E!

THIAGO ALVES: Aos fãs da Fórmula E, eu peço que sigam nos acompanhando no Fox Sports ao longo da temporada, seja nos programas especiais, no meu blog Paddock Fox e principalmente durante as corridas, usando muito a nossa hastag #FórmulaEnoFoxSports. Aceleramos juntos com essa empolgante categoria. Um grande abraço!