Nelsinho Piquet

Nelson Piquet Jr
Nelson Piquet Jr

O EPRIX NEWS traz para você um papo exclusivo com o piloto brasileiro Nelsinho Piquet. Ele fala de sua carreira e da experiência na Fórmula E.

EPRIX NEWS: Nelsinho, você tem sido um piloto que, após sua saída da F1, tem disputado inúmeras provas em diferentes categorias do automobilismo mundial. O que impulsionou você a tomar tal decisão? Como tem sido essa experiência?

NELSINHO PIQUET: Não tem melhor lugar para um piloto de corrida que uma pista.Nos EUA conheci uma nova cultura de automobilismo, onde os pilotos correm o máximo possível.Sempre fui um apaixonado por velocidade e poder disputar corridas de kart, Rallycross, Nascar, Formula E etc é fazer o que mais gosto na vida.

EPRIX NEWS: Você ainda tem como meta construir carreira na NASCAR?

NELSINHO PIQUET: As coisas estão indo bem para mim na Fórmula E e rallycross, mas a Nascar continua no meu radar. No ano passado corri uma prova na Sprint Cup e não descarto participar novamente da categoria se meu calendário permitir.

EPRIX NEWS: Como a China Racing e a Fórmula E surgiram na sua vida?

NELSINHO PIQUET: Não foi fácil entrar no grid da Fórmula E. Alguns tinham desconfiança em me Contratar por causa de coisas do passado e ninguém punha muita credibilidade no time. Fui recebido de braços abertos e, com muito trabalho, já ganhamos corrida e estamos a um ponto da liderança. Parece história de filme.

EPRIX NEWS: Qual a sua opinião sincera a respeito da Fórmula E? Você acha que a categoria vai conseguir alcançar grande sucesso no Brasil e em todo mundo?

NELSINHO PIQUET: A Fórmula E sacudiu o cenário internacional do esporte a motor. As corridas são muito movimentadas e tem empolgado o público nos autódromos e em casa. É motivo de orgulho fazer parte de uma categoria inovadora como a Formula E.

EPRIX NEWS: Você cogita priorizar a Fórmula E em sua carreira ou isso ainda é algo muito difícil para qualquer piloto fazer uma vez que a categoria ainda está em seu início?

NELSINHO PIQUET: Numa etapa da Formula E, todos os 20 pilotos do grid priorizam ganhar a corrida. Comigo não é diferente. Estou em segundo no campeonato e o título é minha prioridade. Agora existe a questão do calendário: como a Fórmula E faz sua temporada entre Setembro e junho, todos os pilotos precisam equilibrar suas datas com as das outras categorias que correm durante o ano.

EPRIX NEWS: Recentemente, foi anunciado que A China Racing, na segunda temporada, vai contar com os propulsores da NEXTEV, uma firma chinesa especializada em sistemas elétricos de baterias. Que tipo de melhoria vocês esperam alcançar com essa parceria?

NELSINHO PIQUET: Na segunda temporada oito equipes terão suporte de montadoras, o que deve desenvolver mais ainda a categoria. Até agora o time foi impecável nas escolhas, então confio que com o suporte da NEXTEV continuaremos competitivos.

EPRIX NEWS: Você está em claro crescimento no campeonato e já disputa o título contra Lucas di Grassi, Nicolas Prost, Buemi e Bird. Como você projeta o restante do campeonato em sua fase européia?

NELSINHO PIQUET: Acredito em grandes disputas, como foi a temporada até aqui. Todos evoluíram muito desde a corrida na China, e os tempos do grid estão cada vez mais próximos.

EPRIX NEWS: Descreva a sensação de vencer em Long Beach justamente 35 anos após a primeira vitória de seu pai na F1?

NELSINHO PIQUET: Foi muito emocionante, por isso fiz questão de levar o capacete dele para o pódio. Estava muito confiante para a prova e tive certeza que venceria. Conseguimos uma boa largada e o time foi preciso o final de semana todo.

Nelsinho no alto do pódio!
Nelsinho no alto do pódio!

EPRIX NEWS: Será que Nelsão não se animaria a ir numa corrida da Fórmula E? Ele acha interessante?

NELSINHO PIQUET: Ele ficou contente com a vitória em Long Beach e se interessa por tudo onde eu e meus irmãos corremos.A agenda dele é cheia de compromissos empresariais e ele acompanha também as corridas do meu irmão Pedro na F3. Mas quem sabe consigo trazê-lo num ePrix.

EPRIX NEWS: Nelsinho, muito obrigado pela entrevista e sua atenção! Você poderia deixar uma mensagem para os fãs brasileiros da Fórmula E?

NELSINHO PIQUET: Tenho recebido muitas mensagens por mídias sociais e agradeço a torcida de todos. Na corrida passada, ganhamos o fanboost mas acabei não usando para não aquecer demais o carro. Continuem votando em mim ao longo do ano.

Deixe uma resposta