Chris Veyssier – fundador de NYC eRacing

EPRIX NEWS entrevista com Chris Veyssier, o fundador do site NYC eRacing. NYC eRACING é uma página de fãs (não oficial) e que não está de forma alguma associada à Fórmula E, seus parceiros, empresas do grupo ou representantes.

Você pode conferir a entrevista a seguir.

Chris na corrida em Nova Iorque, visitando a equipe da Techeetah e o piloto Vergne.

EPRIX NEWS: Como surgiu a ideia de criar o site NYC eRacing?

CHRIS VEYSSIER: A idéia de criar NYC eRacing apareceu quando vi e percebi que ninguém estava interessado pela Fórmula E em Nova York e US … Os fãs preferem Indy ou Nascar !!! A Fórmula E é o futuro Campeonato com grande potencial e inovações. Mais e mais fabricantes estão desenvolvendo interesses para a Fórmula E, como Mercedes …

EN: Você pode descrever a sensação de participar da corrida em Nova Iorque?

CV: A sensação de participar do NYC ePrix foi fantástica e absolutamente adorável. Fui convidado pela Techeetah para ir aos boxes e conheci Jean-Eric Vergne. Acredite, eu costumava fazer um go-kart na competição na França, mentalmente na Fórmula E é realmente legal, relaxe, os fãs podem facilmente encontrar motoristas, gerentes … etc. Totalmente diferente da Fórmula 1.

EN: Você poderia analisar a corrida de Montreal e o resultado final do campeonato?

CV: A melhor corrida na temporada 3 !!!! Suspense, drama, brigas e uma enorme final …
Na R11 (corrida de sábado), o principal fato foi o acidente do Buemi durante a prática, pois ele destruiu seu carro pelo resto do fim de semana. Afinal, talvez fosse tarde demais para reparar corretamente o monoposto para a corrida no sábado. Como todos puderam ver, ele estava muito nervoso, chateado e agressivo com outros pilotos. Enquanto isso, Lucas di Grassi fez a qualificação perfeita para colocar seu carro na P1 … a corrida foi uma confirmação para Di Grassi: ele dominou toda a corrida para ganhar e liderar o Campeonato pela primeira vez !!!! Loucura!!!! A corrida de Buemi foi excelente e terminou na P4. Mas, ele foi desqualificado depois porque o carro estava abaixo do peso!!!! A corrida de sábado foi a pior para Buemi. Dentro desse cenário, era sonho esperar que o suíço pudesse ganhar o título 2018. Especialmente, o título saiu das mãos do suíço quando ele perdeu duas corridas em Nova York (Di Grassi marcou 22 pontos nos EUA).

Corrida dominical: quanto às qualificações, Lucas di Grassi estava muito focado, sem erros. Mas, ele também estava nervoso porque foi a última corrida da temporada e ele se classificou na P5 … Pela primeira vez, o piloto francês Vergne venceu a corrida e confirmou suas habilidades para a próxima temporada. Di Grassi terminou a corrida na P6 e tornou-se o terceiro campeão da Fórmula E !!! Buemi e a equipe e.Dams Renault tiveram que se contentar com o  título de construtores.

Conclusão: Di Grassi, o novo campeão da Fórmula E, bom para o Brasil. A e.Dams Renault confirmou sua liderança no quesito tecnologias e inovações na FE. Destaco a primeira vitória para Jean-Eric Vergne em Montreal.
E, eu dedico um prêmio a Buemi, um grande lutador. Ele mereceu ganhar o título 2018 com 6 vitórias em possíveis. No entanto, ele perdeu duas corridas importantes em Nova Iorque. E, para completar, Buemi teve o pior sábado em sua carreira profissional em Montreal!!! Viva la Formula E, tão inovador e tão legal !!!!

EN: Quais são os seus planos para NYC eRacing no futuro?

CV: Meus planos para NYC eRacing: tornar-me um futuro parceiro na Fórmula E …

EN: O que você espera para a próxima temporada?

CV: Minha expectativa é participar do circo da Fórmula E com eventos, corridas. Quero aumentar o meu site com mais informações, notícias, desenvolver feeds de mídias sociais! A Fórmula E é o futuro. Eles vão aumentar o poder das baterias e mudar as regras sobre o Fanboost. Eles também mudarão as regras sobre os pneus … Vamos aguardar.